O Cachimbeiro Onipotente

Por Chuck Stanion

Recentemente me tornei imperador do universo. Foi muito fácil. Primeiro passo: minha esposa me concedeu esta permissão. Segundo passo: declarei o universo como minha colônia. Terceiro passo: tornei-me onipotente.

Ainda estou trabalhando neste último passo, mas estou quase lá. Minha motivação é simples: quero mudar algumas coisas. A Nebulosa do Caranguejo atrapalha minha visão, então eu a movi. Eu acho que Pi é irritante e pretendo esclarecer isso imediatamente. E a matéria escura compõe a maior parte da nossa existência, mas é invisível — vou fazer dela chartreuse. Depois disso, será um tempo de auto-indulgência, e todos nós sabemos o que isso significa: Cachimbos.

Infelizmente, mesmo eu sendo onipotente, confio em pipemakers, e os meus preferidos não fazem os meus modelos prediletos com muita frequência. Como um imperador benigno, duas estratégias me ocorreram. Primeira: prender eles em um calabouço frio e úmido onde serão torturados caso não façam cachimbos com as minhas especificações. Segunda: a mesma coisa que a primeira, mas alimentá-los de vez em quando. Mingau é barato.

Alguém dirá que mingau é bom demais para pipemakers, e eu não discordo, mas em um calabouço frio e úmido, sustância é necessária para que eles tenham uma boa coordenação motora, e precisam ser os melhores do seu jogo!

Por tanto, pipemakers são almas independentes, e podem fazer qualquer coisa — como chaves micha, por exemplo. Eles não gostam de cooperar. Eles escapam e precisam ser recapturados. Eles fazem Blowfish quando eu quero Billiard. Eles fazem Calabash quando eu quero Lovat. Eles fazem mapas com intenção de fugir em vez de modelos de cachimbo. Acontece que eu não posso quebrar um pipemaker. Ocorre que pipemakers não trabalham em cativeiro. eles não gostam de microgerência, ou de ameaças, e respondem negativamente a tortura. Eles simplesmente são inconvenientes.

Então eu mudei as estratégias e dei para eles tudo que eles poderiam querer. O melhor equipamento, o melhor briar, ambientes opulentos, um spa, um plano dental. E seus salários são excelentes.

E o que você acha que eu recebo por toda essa preocupação?

Blowfish.

Pipemakers não trabalham por palpites; eles seguem o briar. Mesmo sendo imperador do universo, eu não encontro os cachimbos que eu quero. Tenho que esperar pelo bloco de briar certo encontrar o pipemaker certo e ser transformado no instrumento de fumar que eu sempre quis. Eu ainda tenho que esperar como qualquer um, e isso é exasperante. Eu posso destruir uma estrela de nêutrons por minha frustração. Em meio a isso, tenho tempo para repensar a cor da matéria escura.

Tradução: Matheus Doresbach