Inicio / Histórias / Coluna do JC / Secagem Artificial de Tabaco
Como fazer Black Cavendish Sherlock Holmes em Noite Tenebrosa (1946) Sherlock Holmes e o Cão dos Baskerville (1939) Como fazer Prensa para Tabacos As Aventuras de Sherlock Holmes (1939) Sherlock Holmes e a Mulher de Verde (1945) Sherlock Holmes e a Arma Secreta (1943) Sherlock Holmes em Vestida para Matar (1946) O Senhor dos Anéis – As Duas Torres Pirate Kake Como fazer Perique Como fazer Cavendish Balkan Sobranie O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel Volta ao Mundo em 80 Dias Árvore e Folha – J.R.R. Tolkien Um Estudo em Vermelho SOL DA TOSCANA – TABACO COMEMORATIVO 1 ANO A DIFERENÇA entre o ANTÍTODO e o REMÉDIO é a … A Nobre Arte de fumar Tabacos em Cachimbo é o Ovo do Giba ENVELHECIMENTO DE TABACO COM G. L. PEASE 7 COISAS QUE APRENDI COM O PRIMEIRO ANO DO GRUPO CACHIMBOS Precisamos de mais Churchwardens História da Missouri Meerschaum Algumas técnicas avançadas para cachimbar Fumando Espiritualmente (Pt. 1), um poema cristão sobre cachimbar 5 Dicas para um Cachimbo Diário Perfeito A História dos Isqueiros Zippo Secagem Artificial de Tabaco Regulamento do Tabaco Amigo Breve apanhado histórico do surgimento das Misturas da Dunhill Cachimbos, devoção e a fuga matinal da loucura O Mundo Secreto do Cachimbo 13.° hangout dos cachimbos Um grande dia para os entusiastas da Peterson (of Dublin)™ Avaliação de Tabacos para Cachimbo Cachimbos e o Naufrágio da Resistência 12.° hangout dos cachimbos Uma Reflexão sobre Tretas 10º Drop do Cachimbos 9º Drop do Cachimbos Oitavo Hangout do Cachimbos Sétimo Hangout do Cachimbos Mas afinal, qual é o melhor tabaco que existe? Sexto Hangout do Cachimbos Quinto Hangout do Cachimbos Quarto Drop do Cachimbos O Cachimbeiro que ouviu o “mimimi” e quase se deu muito mal Guia sobre Cachimbos e como fumá-los O Cachimbeiro Onipotente Terceiro Hangout do Cachimbos Quanto dinheiro eu preciso para fumar cachimbo? Segundo Hangout do Cachimbos Primeiro Drop do Cachimbos A Ironia da Tolerância Penúltimo Drop Será o fim do Drop? O mínimo que você precisa saber para ter bons cachimbos e tabacos Os benefícios do Tabaco que ninguém fala Como encher o fornilho com tabaco e como acender o cachimbo? Cachimbo Peterson Jekyll & Hyde Cachimbo Peterson Sherlock Holmes Original O que preciso para fumar Cachimbo? A Origem do Cachimbo, Matérias Primas e Tabacos Cachimbos

Coluna do JC, Histórias

Secagem Artificial de Tabaco

“Esta publicação é dedicada ao confrade Osmário Oliveira – que nos ensinou a arte de secar o tabaco muito úmido no forno de cozinha.” – JC


Eu gosto do meu tabaco bem seco, então deixo que ele fique fora da lata uma noite depois abrí-la. Dependendo do nível de umidade, isso geralmente é o suficiente.

No entanto, eu não sou terrivelmente organizado e muitas vezes me vejo sem tabaco seco para fumar, então eu pego um atalho que faz a maioria das tabacarias estremecer em desaprovação: eu uso o micro-ondas. Trinta segundos para uma lata de 50 gramas é suficiente, seguido por alguns minutos para respirar e esfriar.

Não consegui encontrar características negativas no sabor do tabaco após este procedimento. Outros cachimbeiros são capazes de discernir uma diferença, mas eu sinto falta de quaisquer receptores sensoriais que me permitam esse nível de percepção. Eu creio que deve ser melhor deixar o tabaco secar naturalmente, e tenho sido ensinado por especialistas que é melhor assim – pelo fato do calor poder alterar o sabor, mas eu não consigo identificar nenhum déficit neste sentido, então estou satisfeito.

Flakes de virgínias são os meus favoritos, então eu também preciso desmanchá-los, já que não estou entre os poucos experts que conseguem dobrá-los no fornilho e fumá-los facilmente sem a necessidade de ficar reacendendo. Eu não confio nessas pessoas! Esse truque utiliza alguma forma de trapaça não identificável, e eu sou desconfiado.

Enquanto muitos nunca se rebaixariam ao meu nível de “assistência em aparelhos de cozinha”, passei a preferí-lo por desfazer os flakes. Quando o tabaco ainda está quente após a secagem no micro-ondas, ele se desfaz com muito mais facilidade, em tiras longas e largas. Se eu esperar até ele esfrie e o tabaco esteja seco o suficiente para mim (ou seja, não crocante, mas se aproximando disso), ele ficará muito mais fino. Eu prefiro tiras de tabaco mais largas, então eu desmancho meus flakes enquanto eles ainda estão quentes.

Esse é um truque muito bom para aqueles que ainda estão “afinando (encontrando) a sua fumada. Se você fuma flakes, a temperatura após a secagem no micro-ondas é algo a ser observado, porque quanto mais frio o tabaco fica, mais finas são as tiras (ribbon cut). As tiras de tabaco tendem a manter a integridade enquanto estão quentes, mas se separam e se desintegram quando esfriam. Talvez seja porque quando quentes, ainda há alguma umidade nelas, mas seja qual for o motivo, experimente! Isso fornecerá um pouco mais de controle sobre a sua fumada, e uma variedade de níveis de umidade e consistência de para se escolher – e você pode até se tornar tão bom e conseguir fumar flakes úmidos sem desmanchá-los.

  • Texto original de Chuck Stanion para o o smokingpipes.com
  • Traduzido livremente por JC Pereira; o novato.

 

Fumaça confrades!

image_pdfimage_print

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*